Simbolismo da cascata (12 principais significados)

Simbolismo da cascata (12 principais significados)
David Meyer

Visitar uma cascata é uma experiência calmante para a maioria das pessoas, uma vez que estas áreas são maioritariamente inexploradas pelos humanos, aproximando as pessoas da natureza e afastando-as das preocupações da vida. Na maioria das culturas e tradições de todo o mundo, as cascatas simbolizam paz, calma, serenidade e pureza.

Veja também: Top 15 Símbolos da inocência com significados

Independentemente da época do ano em que se visita, a sua vista panorâmica surpreende sempre e é uma visão a apreciar.

As quedas de água simbolizam a energia que move tudo no universo e o seu fluxo contínuo. As magníficas quedas de água são também utilizadas em numerosos contos e mitos ao longo da história e são um símbolo de conhecimento oculto, segredos e mistério.

Continue a ler para descobrir mais sobre o simbolismo das cascatas e as suas diferentes interpretações [1].

As quedas de água simbolizam a consciência, a continuidade, a diversificação, o auto-aperfeiçoamento, a maturidade, a clareza, a pureza, a transformação, o sucesso, a iluminação espiritual, a força, a resiliência e a natureza.

Índice

    Ligarmo-nos à nossa consciência

    O fluxo persistente de água de uma cascata cria um som suave, deixando um efeito calmante e permitindo que uma pessoa reflicta sobre os seus pensamentos.

    Imagem de Anh Lê khắc do Pixabay

    Este efeito calmante ajuda a maioria dos meditadores a desanuviar a cabeça e a ligar-se à sua consciência a um nível mais profundo.

    Enquanto a vista panorâmica é hipnotizante e serena, a água que bate nas rochas cria uma aura purificadora que afasta os pensamentos preocupantes do passado e do presente, permitindo que uma pessoa se ligue ao seu eu interior [1].

    Continuidade

    A cascata também representa a continuidade e o fluxo da vida - como a vida flui, incluindo os seus altos e baixos.

    Foto de Jeffrey Workman no Unsplash

    A água segue um ritmo que muda ligeiramente, mas que continua a fluir rapidamente. A água que cai da borda, criando a cascata, está associada à continuidade da vida. Quer se tenha sucesso ou fracasso, o fluxo da vida permanece contínuo. [1]

    Veja também: Simbolismo da lua (9 principais significados)

    Diversificação

    O terreno da cascata é maioritariamente elevado, fértil e adequado para animais e diversas variedades de plantas.

    Imagem de Susanne Jutzeler, Schweiz 🇨🇭 from Pixabay

    A vida que se desenvolve no local, como as trepadeiras penduradas ao longo da cascata, a abundância de diversas variedades de peixes na água e as diferentes espécies de animais e aves que se alimentam do que a natureza lhes oferece, fazem da cascata um símbolo de diversidade [2].

    Altos e baixos da vida

    Embora uma cascata pareça ser uma visão calmante à distância, começará a notar o caos que ela proporciona à medida que se aproxima.

    Imagem de urformat from Pixabay

    As cascatas transportam uma enorme quantidade de detritos, ramos de árvores e pedras, atirando-os com força da borda para a piscina de mergulho (a base da cascata). Esta mistura de calma e caos é um reflexo da própria vida.

    Esta representação das quedas de água é muito utilizada na arte e na literatura, onde as pessoas que andam de canoa por um curso de água calmo não se apercebem da queda de água que se aproxima e estão prestes a ser atiradas para a bacia de mergulho [3].

    Desafios da vida

    Se observarmos a água a fluir em direção a uma cascata a alguns quilómetros de distância, ela fluirá, na maior parte dos casos, a um ritmo calmo e constante. No entanto, quando a água começa a aproximar-se da extremidade em esquadria da cascata, a sua velocidade aumenta e a água torna-se turbulenta, acabando por cair na piscina de mergulho.

    A água que cai da borda representa desafios futuros na vida e é um sinal para estar preparado. Estes desafios fazem parte da vida quotidiana e conduzirão ao auto-aperfeiçoamento e à maturidade. [3]

    Clareza e pureza

    Desde os primórdios da civilização humana, a água e as quedas de água têm sido simbolizadas como um sinal de pureza.

    Imagem de Pexels from Pixabay

    A maior parte das culturas acreditava que as quedas de água só podiam estar presentes em locais sem males. Estar mesmo debaixo dela é visto como tomar um duche purificador com uma substância pura, a água.

    Uma linha de prata entre a vida e a outra vida

    De acordo com as antigas lendas chinesas, as quedas de água simbolizam a transformação e o sucesso, mas para o conseguir é necessário demonstrar perseverança e uma fé inabalável [3].

    Iluminação espiritual

    A água é considerada como um símbolo divino ligado ao reino espiritual em culturas com uma forte ligação à espiritualidade.

    O seu fluxo consistente e o seu som alto mas tranquilo estão ligados à iluminação e à ascensão espiritual.

    A névoa produzida pela sua água em queda livre liberta as energias negativas e purifica a alma. Em contrapartida, o som produzido pelo aguaceiro representa a paz interior e a tranquilidade.

    Em algumas culturas, são consideradas uma porta de entrada para o reino espiritual e um local de ligação entre os mundos físico e espiritual [4].

    Força e resiliência

    A força com que a água cai da cascata representa força e poder. É uma metáfora usada para representar a resiliência do espírito humano. A queda de água também mostra a força absoluta da mãe natureza e o seu fluxo está ligado ao fluxo imparável do tempo [4].

    Representação do mundo natural

    Para além de terem vários significados espirituais e simbólicos, as quedas de água são vistas como uma representação da natureza.

    Foto de Wil Stewart no Unsplash

    Os efeitos visuais e sonoros naturais provocam sensações de calma, paz e serenidade, lembrando-nos da beleza do mundo natural. As plantas e os animais que rodeiam a cascata são vistos como um símbolo de vitalidade. As cascatas também funcionam como um lembrete sobre a proteção da natureza e dos habitats prósperos. [5]

    Em que é que as diferentes culturas acreditam?

    Na maioria dos contos, mitos, lendas e cultura popular, as quedas de água são vistas como corpos misteriosos que guardam segredos. A queda de água que esconde uma passagem secreta para um conhecimento ou poder proibido é também mencionada em diferentes romances e mostrada em filmes.

    Simbolismo da cascata nos sonhos

    As cascatas nos sonhos têm significados diferentes, dependendo do enredo do sonho e dos pormenores peculiares. De um modo geral, a maioria dos sonhos com cascatas representa o seu eu interior, emoções reprimidas e medos.

    Em suma, as quedas de água são mais do que um fenómeno natural que apenas se vê. Ocupam um lugar único na mitologia, espiritualidade e simbolismo humanos, representando a vida, a transformação, a iluminação espiritual, a força e a beleza majestosa da natureza.

    Independentemente da forma como são simbolizados, continuam a inspirar e a cativar pessoas em todo o mundo [5].

    Conclusão

    Para além de proporcionarem uma vista serena, as cascatas estão ligadas à continuidade, tal como o ciclo da vida, pois a água que por elas corre provém dos glaciares, rios e ribeiros, que atravessam vários tipos de terreno, acabando por se encontrar com o oceano.

    Independentemente do terreno ou das condições climatéricas, continuam a fluir, e é isso que as quedas de água mais simbolizam - o fluxo e a continuação da vida e da energia no universo.

    Referências

    1. //www.dreams.co.uk/sleep-matters-club/what-do-dreams-of-waterfalls-mean#:~:text=As cascatas%20são%20ditas%20para%20simbolizar, tornando-se%20instaladas%20na%20sua%20mente.
    2. //www.visithasselt.be/en/japanese-garden/water-and-rocks-symbolism
    3. //symbolismandmetaphor.com/waterfall-symbolism-dream-meanings/
    4. //dreamastromeanings.com/waterfall-dream-meaning/
    5. //spiritanimaldreams.com/waterfall-dream-meaning/



    David Meyer
    David Meyer
    Jeremy Cruz, um historiador e educador apaixonado, é a mente criativa por trás do blog cativante para os amantes da história, professores e seus alunos. Com um amor profundamente enraizado pelo passado e um compromisso inabalável de divulgar o conhecimento histórico, Jeremy se estabeleceu como uma fonte confiável de informação e inspiração.A jornada de Jeremy no mundo da história começou durante sua infância, enquanto ele devorava avidamente todos os livros de história que conseguia colocar em suas mãos. Fascinado pelas histórias de civilizações antigas, momentos cruciais no tempo e os indivíduos que moldaram nosso mundo, ele sabia desde cedo que queria compartilhar essa paixão com os outros.Depois de concluir sua educação formal em história, Jeremy embarcou em uma carreira de professor que durou mais de uma década. Seu compromisso em promover o amor pela história entre seus alunos era inabalável, e ele continuamente buscava maneiras inovadoras de envolver e cativar as mentes dos jovens. Reconhecendo o potencial da tecnologia como uma poderosa ferramenta educacional, ele voltou sua atenção para o mundo digital, criando seu influente blog de história.O blog de Jeremy é uma prova de sua dedicação em tornar a história acessível e envolvente para todos. Por meio de sua escrita eloquente, pesquisa meticulosa e narrativa vibrante, ele dá vida aos eventos do passado, permitindo que os leitores sintam como se estivessem testemunhando o desenrolar da história antes.os olhos deles. Seja uma anedota raramente conhecida, uma análise aprofundada de um evento histórico significativo ou uma exploração da vida de figuras influentes, suas narrativas cativantes conquistaram seguidores dedicados.Além de seu blog, Jeremy também está ativamente envolvido em vários esforços de preservação histórica, trabalhando em estreita colaboração com museus e sociedades históricas locais para garantir que as histórias de nosso passado sejam protegidas para as gerações futuras. Conhecido por suas palestras dinâmicas e workshops para colegas educadores, ele constantemente se esforça para inspirar outras pessoas a se aprofundarem na rica tapeçaria da história.O blog de Jeremy Cruz serve como prova de seu compromisso inabalável em tornar a história acessível, envolvente e relevante no mundo acelerado de hoje. Com sua incrível capacidade de transportar os leitores ao âmago dos momentos históricos, ele continua a fomentar o amor pelo passado entre os entusiastas da história, professores e seus ávidos alunos.