Top 8 flores que simbolizam a felicidade

Top 8 flores que simbolizam a felicidade
David Meyer

Se quiser saber mais sobre as flores que representam e simbolizam a felicidade, veio ao sítio certo.

Quer opte por exibir flores que simbolizam a felicidade na sua própria casa, quer opte por plantá-las no seu jardim ou oferecê-las a amigos e entes queridos, as opções são ilimitadas.

Uma vez que as flores que simbolizam a felicidade não têm, normalmente, qualquer ligação romântica, são excelentes flores para oferecer como presentes ou para exibir em quase todos os ambientes casuais.

As flores que simbolizam a felicidade são: margarida azul, dente-de-leão, flor-dos-desejos, tremoço; tremoço, calêndula, narciso, ervilha-de-cheiro e delfínio.

Índice

    1. margarida azul (Felicia)

    Felícia

    Folhado de creme de tufos, CC0, via Wikimedia Commons

    A margarida azul, também conhecida como Felicia, é um género com mais de 80 espécies no total e provém diretamente da família Asteraceae.

    A margarida azul pode ser encontrada ao longo da costa da África Austral, bem como noutras regiões costeiras ao longo das mesmas linhas de latitude.

    Embora muitas margaridas possam ser brancas ou cor-de-rosa, diz-se que a margarida azul representa a felicidade e o crescimento próspero.

    As margaridas azuis atraem uma série de insectos, desde aranhas e vespas a abelhas, e têm um período de floração extremamente longo, entre a primavera e o outono.

    Embora não seja possível dizer exatamente de onde veio o nome da margarida azul/Felícia, a palavra de origem, ou palavra latina "Felix", é traduzida como "feliz", o que é outra razão pela qual as margaridas azuis estão intimamente relacionadas com sentimentos de felicidade e contentamento.

    As margaridas azuis também representam diretamente a felicidade, a lealdade duradoura, a confiança e a honestidade, o que as torna um presente perfeito para oferecer a um amigo ou a alguém por quem se tem um amor incondicional na vida quotidiana.

    2) Dente-de-leão

    Um grande plano da penugem do dente-de-leão

    Imagem cortesia: peakpx.com / Creative Commons Zero - CC0

    Se vive numa região onde as flores silvestres são comuns, bem como as ervas daninhas, é provável que conheça os dentes-de-leão, ou a flor taraxacum.

    O dente-de-leão pertence a um género com mais de 500 espécies e é também considerado uma parte da família Asteraceae.

    Na maioria das vezes, os dentes-de-leão são nativos da Europa e da Ásia, embora também possam ser encontrados em muitas regiões dos Estados Unidos.

    O dente-de-leão espalha-se e cresce facilmente, mesmo em condições adversas.

    Além disso, produzem sempre flores amarelas vibrantes, brilhantes e vistosas, que são frequentemente referidas como um símbolo de felicidade.

    Muitos acreditam que as pétalas do dente-de-leão são representativas do sol, enquanto as sementes do dente-de-leão representam a lua.

    Acreditam também que as sementes que o dente-de-leão deixa cair ou liberta fazem lembrar as estrelas do céu.

    Na Grécia Antiga, as palavras "taraxos" significavam "desordem", enquanto a palavra "akos" significava "remédio", o que explica a correlação direta dos benefícios medicinais que o dente-de-leão tem para oferecer ainda hoje.

    3. a flor da espinha de peixe

    Torénia

    Foto de David J. Stang, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

    A flor de espinha de peixe, também conhecida como Torenia, pertence à família Linderniaceae e é também um género com cerca de 15 espécies.

    A flor de espinha de peixe pode ser encontrada tanto no Sudeste Asiático como em África, com as suas pétalas pequenas e vistosas.

    A flor da espinha de peixe cria folhas em forma de coração ou folhas ovais, consoante o tamanho e a cor da própria planta.

    As flores Wishbone são geralmente de cores vivas, como roxas, rosas, amarelas, azuis e até brancas.

    Devido ao seu aspeto divertido e decorativo, a flor de mecha foi sempre associada ao encanto e à felicidade.

    A flor em si é também considerada como uma flor da sorte, daí o seu nome ser semelhante a uma espinha de peixe tradicional que representa a boa sorte, um futuro otimista e até mesmo um novo começo ou recomeços.

    A flor de mecha está associada a tantas qualidades e significados positivos que é tipicamente simbólica da felicidade como um todo e em geral.

    4. tremoço; tremoço

    Tremoço

    Paul VanDerWerf de Brunswick, Maine, EUA, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

    Os tremoços ou flores de tremoço pertencem à família Lupinus, um género com cerca de 500 espécies no total.

    As flores do tremoço fazem parte da família Fabaceae, que pode ser encontrada nas Américas, Austrália, Ásia, Norte de África e até no Mediterrâneo.

    As variações da flor foram efetivamente cultivadas por um conhecido horticultor, George Russell, responsável por numerosas variações da flor do tremoço.

    A flor do tremoço é alta, espinhosa e cria botões semelhantes a ervilhas em muitas cores, desde o violeta profundo ao amarelo vivo e ao rosa pálido.

    Originalmente, o nome tremoço derivava da palavra latina "lupus", o que era um erro, uma vez que a palavra significava que a planta estava a esgotar os minerais próximos.

    Há uma lenda nativa americana que está intimamente associada ao facto de as tribos terem passado por secas e fome, o que rapidamente resultou em fome e pânico.

    Uma órfã da tribo indígena americana estava disposta a oferecer a sua própria boneca aos espíritos da terra, que era um dos únicos bens que lhe restavam e que fazia lembrar a sua própria família.

    Depois de colocar a boneca para o sacrifício, diz-se que uma flor de tremoço começava imediatamente a crescer do chão depois de cada gota de chuva que caía do céu.

    A flor do tremoço era conhecida pela sua capacidade de oferecer proteínas e carotenóides aos seres humanos, razão pela qual era uma fonte de alimentação comum e popular desde o Império Romano.

    Os fins medicinais para os quais o tremoço era utilizado incluíam tudo, desde perturbações gastrointestinais e náuseas a hemorragias internas graves.

    Também era comum utilizar o tremoço para ajudar a aliviar a inflamação e a artrite em várias zonas do corpo.

    Atualmente, o tremoço é conhecido como um símbolo de criatividade, imaginação, inspiração e felicidade, graças ao seu aspeto único e à sua aparência geral.

    5. existências

    Flores em stock

    Clarise Samuels, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

    Na Europa, a flor de reserva é extremamente predominante e duradoura, uma vez que as flores de reserva duram mais tempo do que a média das flores, independentemente da região.

    As flores de stock são vibrantes, brilhantes e exalam um aroma maravilhosamente agradável, o que pode ser uma razão pela qual são sempre procuradas em várias regiões do mundo.

    Existem muitos tipos e espécies diferentes de flores de reserva, sendo a Matthiola incana a variedade mais popular.

    A plantação de flores de reserva funciona bem em áreas nuas, cantos e até mesmo no preenchimento de paredes de pedra.

    Devido ao facto de estas flores terem uma floração tão longa e serem tão brilhantes, vibrantes e coloridas, são consideradas um símbolo de felicidade para muitos em toda a Europa.

    6. narciso

    Uma flor de narciso

    Imagem cortesia: piqsels.com

    A flor de narciso é também representativa do amor, da vida e, em última análise, da felicidade na vida quotidiana.

    Uma vez que os narcisos são das primeiras flores a desabrochar todos os anos, diz-se que trazem alegria, boa sorte e felicidade a quem os planta ou descobre.

    Também podem significar produtividade e encontrar o amor, o que pode ser encorajador para aqueles que o procuram.

    Em Inglaterra, conta-se também que quem vê o primeiro narciso na primavera tem mais probabilidades de crescer e adquirir riqueza ao longo do ano.

    Embora a maioria dos narcisos que possa encontrar sejam amarelos brilhantes, os narcisos existem numa variedade de cores, embora as cores alternativas sejam muito menos comuns.

    Normalmente, o narciso amarelo é representativo da chegada da primavera, do sentimento de rejuvenescimento, de renascimento e de felicidade.

    Veja também: Os 17 principais símbolos de abundância e os seus significados

    Um narciso roxo, por outro lado, pode representar a obsessão consigo próprio e a sua vaidade, uma vez que o objetivo da margarida está intimamente ligado ao deus grego Narciso.

    Tal como acontece com muitas outras flores, o narciso branco representa tipicamente a pureza e a inocência.

    Para além de simbolizar a felicidade e o renascimento, a margarida representa também um sinal de transformação para deixar de ser egocêntrico ou vaidoso.

    A margarida laranja representa vitalidade, alegria, criatividade e entusiasmo, e pode ajudar as pessoas a enfrentar e superar energias e experiências negativas nas suas vidas.

    Na maioria das situações, as margaridas são utilizadas para representar perspectivas positivas, otimismo e felicidade.

    7) Ervilha doce

    Ervilha doce

    eileenmak, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

    A flor da ervilha-de-cheiro é uma flor pequena, delicada e bonita que se apresenta em cores como o branco, o roxo e muitos tons de rosa.

    As ervilhas-de-cheiro são representativas do seu nome, pois têm um cheiro extremamente doce na natureza.

    Por ser tão delicada e ter um cheiro tão refrescante, a ervilha-de-cheiro é considerada um símbolo de prazer e felicidade.

    A primeira ervilha-de-cheiro da história remonta ao século XVII, na Europa. O seu aspeto sonhador e o seu leve aroma destinam-se a trazer alegria e felicidade a quem estiver por perto.

    A origem do nome da flor "ervilha-de-cheiro" vem do seu nome científico, "Lathyrus Odoratus".

    Em grego, "Lathyrus" pode ser traduzido livremente nas palavras pulso e ervilha, enquanto a palavra "Odoratus" é latina para "perfumado".

    Durante a época vitoriana, a flor de ervilha-de-cheiro era muito utilizada para organizar jantares ou mesmo para planear celebrações de casamento.

    Os cachos de flores que se erguem na vertical simbolizam frequentemente o crescimento, bem como uma perspetiva positiva, esperança e, em última análise, felicidade.

    As flores de ervilha-de-cheiro podem ser oferecidas como presentes aos amigos e também podem ser utilizadas para decorar eventos comemorativos, desde chás de bebé a casamentos e aniversários, devido à sua natureza e significado felizes.

    8. delfínio

    Delfínio

    Stan Shebs, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

    Se procura uma flor que simbolize verdadeiramente a felicidade, talvez não precise de procurar mais do que a flor delphinium.

    A flor delfínio proporciona aromas exuberantes que podem levar a uma tarde em que se sente relaxado e calmo com facilidade.

    Estas flores verticais produzem belas pétalas luxuosas que são colocadas num bouquet em cascata para criar um belo arranjo por si só.

    As flores Delphinium são conhecidas como plantas herbáceas perenes e existem em rosa, branco, amarelo, escarlate, roxo e azul.

    Existem diferentes tipos de delfínios, uma vez que alguns são considerados delfínios de uma só camada e outros são flores de delfínio semi-duplas ou duplas, com sépalas e pétalas adicionais.

    As flores Delphinium são nativas do Hemisfério Norte e o seu nome deriva da palavra grega "delphin", que pode ser traduzida diretamente para a palavra inglesa "dolphin".

    As flores Delphinium têm o nome de golfinhos devido ao esporão da flor que se assemelha muito a um golfinho a nadar livremente no oceano.

    Na mitologia grega, diz-se que as flores de delfínio floresceram devido ao sangue derramado pelo Deus Ajax durante a Guerra de Troia.

    A flor delphinium representa tipicamente o otimismo, o conforto, a paz interior, bem como a harmonia e a perseverança, razão pela qual muitos vêem a flor como um símbolo de esperança e felicidade.

    Em muitas regiões, o delfínio é também a flor oficial do aniversário do mês de julho.

    Resumo

    Compreender o significado mais profundo das flores que simbolizam a felicidade pode ajudar a guiá-lo e orientá-lo sempre que estiver à procura de novas flores para plantar, comprar ou oferecer.

    Quer esteja a oferecer um presente a um amigo, a mostrar a um ente querido que se preocupa, ou se quiser simplesmente felicitar um colega de trabalho por um acontecimento feliz e positivo na sua vida, pode fazê-lo com flores que simbolizam a felicidade em qualquer altura.

    Veja também: Armas do Antigo Egipto

    Referências

    • //www.atozflowers.com/flower-tags/happiness/
    • //allrosemeaning.com/what-flower-means-happiness/

    Cortesia da imagem de cabeçalho: Foto de Marko Milivojevic no Pixnio




    David Meyer
    David Meyer
    Jeremy Cruz, um historiador e educador apaixonado, é a mente criativa por trás do blog cativante para os amantes da história, professores e seus alunos. Com um amor profundamente enraizado pelo passado e um compromisso inabalável de divulgar o conhecimento histórico, Jeremy se estabeleceu como uma fonte confiável de informação e inspiração.A jornada de Jeremy no mundo da história começou durante sua infância, enquanto ele devorava avidamente todos os livros de história que conseguia colocar em suas mãos. Fascinado pelas histórias de civilizações antigas, momentos cruciais no tempo e os indivíduos que moldaram nosso mundo, ele sabia desde cedo que queria compartilhar essa paixão com os outros.Depois de concluir sua educação formal em história, Jeremy embarcou em uma carreira de professor que durou mais de uma década. Seu compromisso em promover o amor pela história entre seus alunos era inabalável, e ele continuamente buscava maneiras inovadoras de envolver e cativar as mentes dos jovens. Reconhecendo o potencial da tecnologia como uma poderosa ferramenta educacional, ele voltou sua atenção para o mundo digital, criando seu influente blog de história.O blog de Jeremy é uma prova de sua dedicação em tornar a história acessível e envolvente para todos. Por meio de sua escrita eloquente, pesquisa meticulosa e narrativa vibrante, ele dá vida aos eventos do passado, permitindo que os leitores sintam como se estivessem testemunhando o desenrolar da história antes.os olhos deles. Seja uma anedota raramente conhecida, uma análise aprofundada de um evento histórico significativo ou uma exploração da vida de figuras influentes, suas narrativas cativantes conquistaram seguidores dedicados.Além de seu blog, Jeremy também está ativamente envolvido em vários esforços de preservação histórica, trabalhando em estreita colaboração com museus e sociedades históricas locais para garantir que as histórias de nosso passado sejam protegidas para as gerações futuras. Conhecido por suas palestras dinâmicas e workshops para colegas educadores, ele constantemente se esforça para inspirar outras pessoas a se aprofundarem na rica tapeçaria da história.O blog de Jeremy Cruz serve como prova de seu compromisso inabalável em tornar a história acessível, envolvente e relevante no mundo acelerado de hoje. Com sua incrível capacidade de transportar os leitores ao âmago dos momentos históricos, ele continua a fomentar o amor pelo passado entre os entusiastas da história, professores e seus ávidos alunos.